estradas perdidas

Atrás de casa, encoberta por tufos de erva daninha, silvas e bidões abandonados, o comboio de janelas iluminadas vinha das Quintãs e silvou depois do túnel em curva, em direcção a Aveiro. Ali ao lado há uma estrada, a minha primeira estrada. Mulheres e homens cruzam-na impelindo teimosamente os pedais das bicicletas. Junto à vitrine de um pronto-a-vestir lê-se "Modas Katita". De uma taberna, saem dois homens que se dirigem para duas Famel-Zundapp. Estrada perdida.

2005-09-10

Benfiquista, treinador de bancada e apreensivo

Como benfiquista, tenho que desabafar e dizer que estou apreensivo para o jogo de logo à noite com aquela rapaziada que veste às riscas verdes. Outra vez três centrais? Karagounis de início? O homem não saíu do avião há bocado? Micoli de início? Estará devidamente entrosado com o resto da equipa? Carlitos de início, como diz "A Bola"? Geovanni no banco? Mantorras e Nuno Assis em casa? Bom, a ver vamos...e a torcer pelo Benfica do princípio ao fim.

5 Comments:

  • At 10:03 da tarde, Blogger Bárbara Vale-Frias said…

    Hummm... isto está difícil :-/ 1/2 hora de jogo e ainda nada :(

    Com que então, benfiquista? E o kit novo sócio, está comprado? ;)

     
  • At 7:43 da tarde, Blogger Antonio Miguel Matos said…

    ola! saudações leoninas :-)
    deixa la.. vingas-te na segunda volta...

     
  • At 7:55 da tarde, Blogger NUNO FERREIRA said…

    Talvez, António mas espero que com outro sistema de jogo porque a jogar assim, com três centrais e aquela confusão toda, não sei...Saudações!!!

     
  • At 7:56 da tarde, Blogger NUNO FERREIRA said…

    bárbara (cokas): Benfiquista sempre, demsiado fiel para desistir:)

     
  • At 11:35 da tarde, Blogger Bárbara Vale-Frias said…

    Eu costumo avisar os meus alunos, logo no 1º dia de aulas, e depois de lhes perguntar as preferências clubísticas, que a Química e a Física só vão passar os benfiquistas! ;)

     

Enviar um comentário

<< Home