estradas perdidas

Atrás de casa, encoberta por tufos de erva daninha, silvas e bidões abandonados, o comboio de janelas iluminadas vinha das Quintãs e silvou depois do túnel em curva, em direcção a Aveiro. Ali ao lado há uma estrada, a minha primeira estrada. Mulheres e homens cruzam-na impelindo teimosamente os pedais das bicicletas. Junto à vitrine de um pronto-a-vestir lê-se "Modas Katita". De uma taberna, saem dois homens que se dirigem para duas Famel-Zundapp. Estrada perdida.

2005-11-27

Foto com história

photo[2]
O que o Pedro cresceu desde que esta foto foi tirada no Taboa Bar, em Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil, em Julho de 2002. Os nossos fins de tarde eram invariavelmente passados ali. Muito frango à passarinho e muita Skol. Deixámos os nossos viva o Benfica e Portugal está aqui nas paredes do Taboa. Saudades...

1 Comments:

  • At 11:31 da tarde, Blogger Bárbara Vale-Frias said…

    Depois de ver esta tua fotografia, ia jurar que te conhecia! ;)

    Provavelmente já nos devemos ter cruzado na Costa ou em Almada :)

    Boa semana!

     

Enviar um comentário

<< Home