estradas perdidas

Atrás de casa, encoberta por tufos de erva daninha, silvas e bidões abandonados, o comboio de janelas iluminadas vinha das Quintãs e silvou depois do túnel em curva, em direcção a Aveiro. Ali ao lado há uma estrada, a minha primeira estrada. Mulheres e homens cruzam-na impelindo teimosamente os pedais das bicicletas. Junto à vitrine de um pronto-a-vestir lê-se "Modas Katita". De uma taberna, saem dois homens que se dirigem para duas Famel-Zundapp. Estrada perdida.

2005-12-21

VAI ENGANAR OUTRO!

PORTUGAL: CAVACO SILVA
Goste-se ou não de Mário Soares, o homem pôs ontem a nú o vazio e a demagogia, a cassete populista de um homem que anda por aí a vender gato por lebre, a dizer que é dialogante quando nunca o foi, a prometer um futuro radioso aos portugueses, a dizer que vai tirar Portugal do poço depois de como primeiro-ministro ter abandonado o barco. Cavaco promete o que não pode cumprir porque não terá como presidente poderes para executar o renascimento fulguroso da economia portuguesa que anda a apregoar. Vai enganar outro, Cavaco!

3 Comments:

  • At 5:41 da tarde, Blogger Novo Moreira said…

    exactamente... o Cavaco foi completamente owned e só serviu mesmo para mostrar o quão vazio é o seu discruso. Bom blog!

     
  • At 1:54 da manhã, Blogger Pedro Neto said…

    Aleluia qye há alguém com a mesma opinião que eu!

    Voto em Soares, sem dúvida.

     
  • At 11:55 da tarde, Blogger Carlos Azevedo said…

    Concordo consigo. Contudo, o que é mais grave, e triste, não é Cavaco Silva tentar enganar as pessoas; isso é comum à generalidade dos políticos. O que é grave é a vontade que as pessoas têm de ser enganadas.

     

Enviar um comentário

<< Home