estradas perdidas

Atrás de casa, encoberta por tufos de erva daninha, silvas e bidões abandonados, o comboio de janelas iluminadas vinha das Quintãs e silvou depois do túnel em curva, em direcção a Aveiro. Ali ao lado há uma estrada, a minha primeira estrada. Mulheres e homens cruzam-na impelindo teimosamente os pedais das bicicletas. Junto à vitrine de um pronto-a-vestir lê-se "Modas Katita". De uma taberna, saem dois homens que se dirigem para duas Famel-Zundapp. Estrada perdida.

2006-05-18

Posted by Picasa
Fomos a meio da via nos Champ Elysees para nos fotografarmos com o Arco do Triunfo ao fundo. O nosso ponto de ataque para as fotografias era perfeito. De repente, foi assaltado por outros turistas que perceberam que aquele era o local ideal para tirar uma foto à Etoille à luz do fim do dia.

exausto
Paris deu cabo de mim. À espera do avião numa manhã de domingo, bem cedo, no Aeroporto Charles de Gaulle

back home
Abençoada Easy Jet que nos ajudaste a poupar dinheiro. Bom, é tempo de regressar a casa

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home