estradas perdidas

Atrás de casa, encoberta por tufos de erva daninha, silvas e bidões abandonados, o comboio de janelas iluminadas vinha das Quintãs e silvou depois do túnel em curva, em direcção a Aveiro. Ali ao lado há uma estrada, a minha primeira estrada. Mulheres e homens cruzam-na impelindo teimosamente os pedais das bicicletas. Junto à vitrine de um pronto-a-vestir lê-se "Modas Katita". De uma taberna, saem dois homens que se dirigem para duas Famel-Zundapp. Estrada perdida.

2004-11-28

O Benfica dá cabo da gente

O adepto do Benfica que caiu esta noite do segundo anel do Estádio Municipal de Leiria morreu cerca das 20h40 no hospital local. Em conferência de imprensa no final do jogo entre a União de Leiria e o Benfica, que o clube visitado venceu por 1-0, o comissário Rafael Marques, coordenador da operação de segurança da partida, explicou que o benfiquista terá ido contra um varadim do estádio após uma jogada de perigo do Sport Lisboa e Benfica, acabando por cair desamparado sobre um corrimão, às 19h10. O comissário adiantou que o adepto, que se encontrava no sector 5 do estádio, já tinha sido advertido" pelas autoridades devido ao seu "comportamento demasiado exuberante" e tinha sido "convidado a sentar-se várias vezes".
O Benfica dá-nos cabo da cabeça a todos. Está-nos a matar, não é a um, é a seis milhões. Paz à alma de mais um que morreu a sofrer por ti.

2 Comments:

  • At 11:33 da manhã, Blogger patologica said…

    Acreditas que ainda me lembro, num concerto qualquer no Pavilhão do Belenenses, eu tu e o Roque, tu de cerveja na mão e o inefável sobretudo comprido e largo:
    - Mas... não é o Benfica-Anderlecht???

     
  • At 8:58 da tarde, Blogger NUNO FERREIRA said…

    John Mayall and The Bluesbreakers, no Pavilhão do Belenenses em 83, I presume...esse casaco está vivo...

     

Enviar um comentário

<< Home